O trabalho remoto trouxe um problema que muitos microempreendores até então nunca tinham enfrentado, a falta de produtividade

 Por isso, trouxemos dicas de como se manter 100% mesmo nos dias mais difíceis

 

Sejamos sinceros, MEI: tem dias que são difíceis de manter um nível mínimo de concentração, não é mesmo? Também existem aqueles em que há tanta coisa pra fazer que nos sentimentos sobrecarregados, ou até mesmo perdidos, sem saber por onde começar. E tudo isso em meio ao home office forçado pela pandemia, que apesar de ter trazido alguns aprendizados tecnológicos, também potencializou o estresse de muita gente.

Por isso, se a inspiração não chega, o cansaço bate à porta e o serviço precisa ser entregue, então preste atenção: talvez seja um sinal de que é hora de criar uma rotina de trabalho mais produtiva. Porém, é importante lembrar que aumentar a produtividade não significa, necessariamente, aumentar a jornada de trabalho. Até porque as horas extras podem aumentar sua indisposição e gerar o efeito contrário – estamos falando de qualidade e eficiência, não de quantidade!

Mas como trazer tudo isso para a prática?

 

Planejamento

O autogerenciamento é essencial em qualquer tipo de trabalho, mas para os empreendedores, mais ainda. Para impulsionar sua produtividade, é necessário unir essa habilidade com um planejamento objetivo e muito autoconhecimento. Afinal, você se conhece como ninguém e sabe em quais horários tem mais disposição, as atividades que menos gosta de fazer e quanto tempo gasta em cada tarefa, por exemplo. Utilize essas informações a seu favor!

Outra dica importante nesses primeiros passos é definir prioridades entre as suas tarefas. Às vezes nos enganamos fazendo tarefas menores porque são mais rápidas, mas certifique-se de que você está seguindo o cronograma de acordo com os prazos estabelecidos com seus clientes.

 

Home Office

Muitos MEI’s já geriam seus negócios dentro de casa, mas, como dissemos anteriormente, a  aí, para além da questão sanitária, o problema é que agora a casa ficou mais cheia, já que, com empresas e escolas também fechadas, o restante da família também teve que desenvolver suas tarefas de maneira virtual.

Nesse sentido, sua primeira preocupação deve ser com o espaço. Se você consegue ser produtivo em qualquer lugar, ótimo. Mas o ideal é eleger um cantinho em uma sala isolada, bem iluminada, com uma mesa e cadeira minimamente confortáveis e de acordo com sua função. Se a grana está curta para investir em estrutura, vale usar a criatividade e fazer adaptações. O importante é que esse espaço transmita ao seu cérebro que você está em um local que não interfira na sua produtividade e nem gere distrações.

 

VEJA: Confira 4 dicas de negócios para trabalhar em casa

https://blog.dicasmei.com.br/para-o-mei/areas-de-atuacao/4-ideias-de-negocios-para-trabalhar-em-casa/

 

Horários e limites

Estabelecer sua jornada de trabalho vai facilitar a conciliação entre expediente, momentos de lazer, afazeres domésticos e até atenção para a família. Isso porque alguns familiares podem ter a dificuldade de entender que estamos ocupados.

Uma boa iniciativa é conversar antes, deixar claro que nem sempre vamos poder ser solicitados, ou até mesmo colocar quadros e plaquinhas na porta da sala ou do escritório, dizendo estar em reunião. Isso é importante principalmente para crianças, ou também caso você tenha funcionários trabalhando em sua casa.

 

Faça pausas

Mas, cuidado! Essa diferenciação entre as tarefas não significa que você não deva fazer pausas. Reserve alguns minutos para ir ao banheiro, ler alguma notícia ou fazer pequenas refeições – nesse caso, sempre longe da mesa de trabalho. O nosso cérebro precisa desses intervalos para ficar mais leve e criativo. 

O problema é caso você se perca no feed das redes sociais, ou mesmo tire aquele cochilo no sofá! Aí não tem produtividade que dê conta de correr atrás do prejuízo…

 

VEJA: Confira a importância do sono para o sucesso nos seus negócios

https://blog.dicasmei.com.br/para-o-mei/comportamento/descubra-a-importancia-do-sono/

 

Mas nós, da #EquipeDicasMEI, sabemos que vocês, microempreendedores, são responsáveis o suficiente para lidar com todo esse contexto! E, obviamente, contem com a gente para receber mais dicas, tirar as suas dúvidas e até mesmo compartilhar suas experiências no mundo dos negócios!