O contexto de quarentena imposto pela pandemia de covid-19 nos levou a repensar muitos de nossos hábitos

 Apesar do relaxamento do isolamento social, sabemos que várias coisas mudaram permanentemente, a começar pela dinâmica de trabalho, agora desenvolvida também no ambiente doméstico

De alguns meses para cá, nossa vida mudou. O ritmo das atividades pessoais e profissionais foi completamente afetado pela pandemia de covid-19. Muitas pessoas perderam empregos e outras tantas fecharam suas empresas. No entanto, a procura pela categoria MEI continua crescendo em todo o território nacional, uma vez que, como microempreendedor individual, além de garantir acesso aos benefícios previdenciários, o profissional autônomo pode desenvolver inúmeras das atividades permitidas no ambiente doméstico. 

Atualmente, trabalhar sem sair de casa e, assim, garantir a renda mensal da família, é um privilégio perseguido por milhões de brasileiros. Por isso, a #EquipeDicasMEI selecionou quatro ideias de negócios para que você aproveite o período da quarentena para tirar aquele plano do papel e mergulhar de vez no mundo do empreendedorismo, sem precisar de um grande investimento inicial. 

Mas, lembre-se: não é porque você trabalha de casa que deve encarar seu empreendimento apenas como bico ou uma forma temporária de se manter. Pelo contrário, é importante que você tenha consciência de que possui uma empresa que depende do seu trabalho e dedicação, desde o primeiro dia.

VEJA: Clique aqui e confira essa matéria incrível sobre negócios com baixo investimento inicial 

Alimentação 

As atividades do setor de alimentação são ótimas para quem deseja empreender no endereço residencial. É possível utilizar a própria cozinha para produzir as delícias que serão comercializadas e gerarão renda em seu CNPJ MEI. 

Quem é que resiste a um brigadeiro ou um salgado delicioso? Mas, as ideias não se limitam ao cardápio tradicional. Nos últimos tempos, a alimentação saudável, por exemplo, tem se mostrado uma forte tendência. 

Independentemente do cenário econômico, sempre haverá demanda por comida. Porém, como a concorrência é grande, um dos caminhos é buscar nichos de atuação específicos não explorados, buscando sempre oferecer serviços e produtos inovadores.

#DicasMEI: A venda de produtos com baixo teor de carboidratos, sem lactose ou seguindo protocolos detox cresceu exponencialmente. Por isso, aconselhamos a quem deseja empreender no ramo da alimentação que busque cursos e informações confiáveis sobre receitas e possibilidades de oferecer produtos saudáveis para o seu público-alvo. 

VEJA: Clique aqui e confira uma dica exclusiva sobre alimentos congelados

Costura

A costura sob encomenda é um dos grandes destaques para quem deseja empreender neste ramo. É possível utilizar as redes sociais para divulgar o seu trabalho e organizar as demandas. Além de todas as ferramentas tecnológicas ao seu alcance, uma das maiores vantagens de empreender costurando é que este modelo de negócio demanda baixo investimento inicial e pode ser desenvolvido em um dos cômodos de sua residência. Uma sala de visitas pode, facilmente, ser transformada em uma pequena oficina caseira. 

Ou seja, se você sabe costurar, tem boas ideias e é criativa, por que não monetizar a atividade e gerar renda extra como MEI?

VEJA: Clique aqui e confira dicas gratuitas para quem deseja empreender realizando concerto de roupas

Serviços para web

O ambiente digital ganhou protagonismo, quando o isolamento social se tornou medida necessária para a contenção da pandemia de covid-19. Muitas lojas e prestadores de serviços, que trabalhavam em um espaço físico, tiveram que repensar toda a logística do seu negócio. Por isso, muitos enxergaram a necessidade de se comunicar com seus clientes pelas redes sociais e comercializar seus produtos e serviços por meio das plataformas digitais. 

Com isso, a procura por profissionais da área da tecnologia aumentou de forma significativa, mostrando um caminho para aqueles que tinham o desejo de ser assistentes técnicos, designers ou gerenciadores de softwares digitais. Agora, é possível desenvolver essas atividades profissionais formalizados como microempreendedores individuais.

VEJA: Clique aqui e confira essa dica gratuita para aqueles que trabalham com tecnologia e desejam se formalizar como MEI

Aulas online 

Com a impossibilidade de frequentar aulas e cursos presenciais, o online foi a alternativa encontrada para que o conhecimento continuasse a ser compartilhado. Por isso, agora, os professores podem desenvolver modelos de negócios sem sair de casa, investindo apenas em ferramentas tecnológicas que permitam a transmissão de vídeo e áudio. 

Uma das maiores limitações enfrentadas pelos profissionais que dão aulas particulares em ambientes físicos é a questão geográfica. Dificilmente, é possível atender pessoas de cidades diferentes, quanto mais de estados ou países distintos. Essa limitação não existe quando estamos falando de aulas online. É possível dar aulas para qualquer pessoa, independentemente de onde ela se encontre. O material é disponibilizado pela internet, por isso, pode ser acessado pelo aluno quando e de onde ele quiser. Trata-se de um dos grandes diferenciais das aulas particulares online.

#DicasMEI: As aulas particulares online podem ser oferecidas sob demanda e com cronograma definido pelo profissional. Com isso, é possível conciliar trabalho e atividades cotidianas.

VEJA: Clique aqui e confira essa dica gratuita sobre a atividade de professor particular, permitida na categoria MEI 

E aí, gostou das dicas para começar um negócio sem sair de casa? Viu só como empreender fico mais fácil, quando você tem a informação certa?

Para ler mais matérias como essa, continue navegando no blog.