O banhista de animais domésticos é um profissional que trabalha com a higiene dos pets. Para prestar um bom serviço, ele precisa de bastante conhecimento técnico, portanto, é muito interessante a qualificação por meio de cursos. 

Apesar do título da profissão, este profissional não é responsável somente pelo banho dos animais. Além disso, ele também está apto a aparar pelos, limpar os ouvidos e cortar as unhas, por exemplo. 

Banhistas de animais domésticos pode ser MEI?

Sim, o banhista de animais domésticos independente pode trabalhar como MEI. Este profissional tem seu trabalho incluso no CNAE 9609-2/03 – Alojamento, higiene e embelezamento de animais

Seu trabalho faz parte da seção “outras atividades de serviços”. Mais abaixo você poderá conferir uma tabela completa, apresentando toda a hierarquia profissional do CNAE do banhista de animais domésticos.

Dúvidas comuns sobre a atividade do banhista de animais domésticos MEI

É comum que alguns profissionais fiquem com certas dúvidas referentes ao processo de abertura do MEI. Abaixo nós listamos os principais questionamentos sobre o assunto e os respondemos. Confira.

1. Quais são as formas de atuação do banhista de animais domésticos MEI?

As formas de atuação do MEI banhista de animais domésticos está relacionada à higiene dos animais de estimação. Dentro disso, há diversas atividades que ele pode realizar. 

Como explicado acima, além do banho, o trabalhador também é capaz de fazer a limpeza dos ouvidos, cortar unhas e aparar os pelos dos animais. 

Além disso, alguns deles também oferecem serviços diferenciados, como massagem, tratamento de pelagem, cauterização, hidratação e outros trabalhos estéticos.

2. Como abrir um MEI para o banhista de animais domésticos?

É muito simples fazer a abertura de um MEI para o banhista de animais domésticos independente. O procedimento pode ser realizado 100% online, sem qualquer necessidade de deslocamento. 

Para se formalizar como microempreendedor individual, o profissional precisa apenas fazer um cadastro no Portal do Empreendedor, que fica dentro do site do Governo Federal. A inscrição, vale lembrar, é inteiramente gratuita. 

Além de não precisar pagar nada, o empreendedor finaliza o cadastro em poucos minutos e já recebe seu CNPJ. Isso permite que ele comece a trabalhar de forma regularizada imediatamente. 

Quanto à emissão de nota fiscal, é importante deixar claro que este é um processo apartado. Para isso, o banhista de animais domésticos MEI precisa contatar a Secretaria da Fazenda de seu Estado para abrir uma solicitação, além de conferir também as regras do município da sua empresa.

3. Como funciona o MEI para banhista de animais domésticos?

Assim que conclui sua formalização, o banhista passa a trabalhar como uma microempresa. Junto deste título vêm alguns benefícios aos quais ele passa a ter acesso, mas também chegam obrigações com as quais ele precisa cumprir.

Uma das principais vantagens para quem se torna um microempreendedor individual é a possibilidade de se aposentar. Isso vem por meio de uma contribuição mensal ao INSS, no valor de 5% de um salário mínimo. 

Além da aposentadoria futura, o banhista de animais domésticos MEI também conta com a possibilidade de receber outros benefícios, como auxílio doença, caso haja necessidade. Mulheres ainda podem ter acesso ao salário maternidade.

Caso o banhista precise de um auxiliar, o MEI dá a possibilidade de contratar um funcionário. Tudo regulamentado pela CLT, garantindo segurança ao empregador e ao empregado.

As obrigações do MEI são basta simples. Em geral, o que o profissional precisa fazer é efetuar o pagamento mensal do boleto DAS, que inclui a contribuição ao INSS e um imposto municipal referente à prestação de serviços, o ISS.

Fora isso, o trabalhador também precisa entregar uma declaração anual. O documento, conhecido como DASN-SIMEI, serve para indicar o faturamento da empresa no ano anterior.

Vale deixar claro que o cumprimento das obrigações como pessoa jurídica não exclui os deveres do banhista como pessoa física. Caso esteja dentro dos critérios da Receita Federal, o profissional também precisa fazer a declaração do Imposto de Renda.

4. O que não se encaixa nas atividades de banhista de animais domésticos?

As atividades do banhista de animais domésticos exigem muito conhecimento técnico, devendo ser exercidas apenas por profissionais qualificados. 

Apesar disso, existem diferentes serviços relacionados aos pets que não podem ser realizados por estes trabalhadores, pois exigem outros tipos de qualificação.

É o caso, por exemplo, de atendimento veterinário. Adestramento de cães, sejam eles apenas domésticos ou cães de guarda, também não fazem parte do escopo deste trabalhador.

Atividades permitidas para Banhista de animais domésticos independente MEI

Código Descrição

CNAE Banhista de animais domésticos independente MEI

Hierarquia de atividades
Seção
Divisão
Grupo
Classe
CNAE

Ferramentas para a atividade MEI de banhista de animais domésticos

Este profissional precisa de diversos materiais para garantir a higiene adequada dos pets, como sabão e shampoo especial para animais, por exemplo. A depender dos serviços realizados, cortadores de unha e aparadores de pelos também podem ser necessários.

São diversas as possibilidades para o banhista de animais independente – e com a formalização como MEI, tudo fica ainda mais fácil!