O astrólogo é um profissional que estuda os efeitos dos astros no comportamento humano. Para exercer sua profissão, ele faz análises baseadas na posição de Mapas Astrológicos.

Este profissional também precisa conhecer os cálculos para fazer mapas astrais, pois esta é sua principal ferramenta. Também é necessário ter noções básicas de astronomia a geografia, pois um mapa astral considera, além de data e horário, o local de nascimento da pessoa.

Astrólogo pode ser MEI?

Sim, o astrólogo independente pode ser MEI. A atividade exercida por este profissional é prevista no CNAE 9609-2/99 – Outras atividades de serviços pessoais não especificadas anteriormente.

O trabalho do astrólogo faz parte da seção “outras atividades de serviços”. Abaixo você poderá conferir uma tabela que apresenta toda a hierarquia deste CNAE.

Dúvidas comuns sobre a atividade do astrólogo MEI

Algumas dúvidas podem aparecer durante o processo de busca de informações sobre a formalização do astrólogo como MEI. Para solucionar estes questionamentos, veja abaixo algumas das principais dúvidas em relação ao assunto.

1. Quais são as formas de atuação do astrólogo MEI?

Há diferentes tipos de serviço que podem ser oferecidos por um astrólogo independente, o que faz com que este profissional consiga ter certa variedade em suas formas de atuação, sempre de acordo com a intenção dos clientes que o procuram.

A depender de seu direcionamento profissional, o astrólogo pode oferecer serviços de astrologia financeira, vocacional, empresarial e, claro, pessoal, que pode incluir atividades como análise de personalidade, relacionamentos e tendências. 

2. Como abrir um MEI para o astrólogo?

Quem trabalha com astrologia de maneira independente consegue abrir um MEI em poucos minutos, visto que o processo é feito online e exige apenas algumas informações para ser completado. 

Para se formalizar como microempreendedor individual, tudo que o astrólogo precisa fazer é um cadastro no Portal do Empreendedor, localizado dentro do site oficial do Governo Federal. 

Este cadastro é gratuito para o empreendedor, não havendo a necessidade de pagar qualquer taxa pela abertura da empresa. Assim que efetuar sua inscrição, o trabalhador recebe seu CNPJ e pode começar a atuar legalmente.

Vale destacar, no entanto, que o profissional que tiver a necessidade de emitir notas fiscais precisará realizar outro procedimento, pois isso não faz parte das atribuições do sistema MEI.

Nestes casos, é necessário abrir uma solicitação à Secretaria da Fazenda do Estado em que a empresa foi instalada, bem como conferir as regras do município.

3. Como funciona o MEI para astrólogo?

A formalização permite ao astrólogo atuar como uma microempresa. Assim, ele pode exercer seu trabalho de forma mais profissional, além de obter diversos benefícios provenientes da regularização. 

Entre estes benefícios está, por exemplo, a possibilidade de obter sua aposentadoria. Isso é possível porque o microempreendedor individual, quando efetua sua formalização, passa a contribuir com o INSS. 

A contribuição, é claro, não traz como benefício apenas a possibilidade de uma aposentadoria futura. O MEI astrólogo independente também fica coberto por vantagens como auxílio doença e salário maternidade, desde que haja necessidade e que ele esteja dentro dos requisitos definidos. 

Caso o profissional tenha interesse em contratar uma pessoa para ajudar com o trabalho, o MEI também permite e simplifica o procedimento. O astrólogo pode fazer a contratação pelo sistema, garantindo que empregado e empregador tenham toda a segurança e respaldo legislativo.

Obviamente, junto com os benefícios vêm também algumas obrigações que devem ser cumpridas pelo empreendedor. A principal delas é o pagamento mensal do boleto DAS. 

Este documento já inclui a contribuição ao INSS, que tem o valor de 5% de um salário mínimo. Além disso, o boleto mensal também engloba o ISS, que é imposto municipal para prestação de serviços.

Outro dever do microempreendedor individual é o preenchimento do DASN-SIMEI. Trata-se de uma declaração de faturamento que deve ser realizada anualmente, indicando os ganhos referentes ao ano anterior.

Como pessoa física, o astrólogo MEI independente também precisa ficar atento ao Imposto de Renda. Caso esteja dentro dos critérios da Receita Federal, será necessário fazer a declaração do IRPF.

4. O que não se encaixa nas atividades de astrólogo?

É comum que as pessoas confundam os conceitos de astrologia e astronomia. A astrologia engloba tudo o que já foi citado anteriormente, tratando sobre os efeitos dos astros no comportamento humano. 

A astronomia, por outro lado, é uma ciência responsável pelo estudo dos corpos celestes – como planetas, estrelas e cometas – a fim de entender os fenômenos que acontecem fora da atmosfera terrestre. 

Sendo assim, nenhuma atividade que envolva astronomia faz parte das atribuições de um astrólogo, pois são profissões completamente diferentes.

CNAE Astrólogo(a) independente MEI

Hierarquia de atividades
Seção
Divisão
Grupo
Classe
CNAE

Ferramentas para a atividade MEI de astrólogo

Quem trabalha como astrólogo independente não precisa de muitas ferramentas para exercer seu trabalho. Este profissional, é claro, necessita de alguns materiais para anotação e entrega para os clientes, mas, em geral, trabalha com seu conhecimento acerca do assunto.