O artesão ou artesã em gesso independente trabalha com este material para criar revestimentos em paredes, forros em tetos e até mesmo para produzir esculturas.

Como o trabalho é manual, o profissional deve ter habilidades para manusear o gesso, bem como para realizar acabamentos precisos, delicados e de diferentes texturas.

Artesão(ã) em gesso independente pode ser MEI?

Sim, existe o código CNAE de artesão em gesso independente, o que quer dizer que esta profissão é uma das atividades que se enquadram na categoria de microempreendedor individual.

O CNAE do artesão(ã) em gesso independente é 2330-3/99 – Fabricação de outros artefatos e produtos de concreto, cimento, fibrocimento, gesso e materiais semelhantes.

Esta subclasse também inclui o artesão em cimento independente e para conferir a hierarquia completa da atividade, basta conferir a tabela mais abaixo.

Dúvidas comuns sobre a atividade de artesão(ã) em gesso independente MEI

Aos que querem se formalizar como artesão(ã) em gesso independente MEI encontram aqui tudo o que precisam saber sobre esta atividade, além de conferir o passo a passo de como obter o registro de microempreendedor individual. Confira!

– Quais as formas de atuação do artesão(ã) em gesso independente MEI?

O gesso é um material relativamente versátil. Com ele, o artesão independente MEI consegue realizar acabamentos internos nas residências, rebocos, criação de painéis e rebaixamento de tetos.

Mas não é só na indústria de construção que o artesão em gesso independente pode atuar. Este profissional também é capaz de construir peças decorativas e até mesmo esculturas para vender.

– Como abrir MEI para artesão(ã) em gesso independente?

Para saber se você tem como abrir MEI para artesão(ã) em gesso independente é preciso conferir três itens:

  1. Seu faturamento anual é maior do que R$ 81 mil?
  2. Você é sócio, dono ou administrador de outra empresa?
  3. Seu negócio tem mais de um funcionário contratado?

Se todas as suas respostas foram “não”, parabéns, você pode abrir MEI para artesão em gesso independente. Vale destacar que este é um processo totalmente gratuito e a maior parte dele pode ser feita online.

Então vamos ao passo a passo:

Passo 1: Entre no Portal do Empreendedor, no site oficial do Governo Federal.

Passo 2: Clique em “Quero ser MEI”

Passo 3: Vá até a opção “Formalize-se” e preencha todas as informações necessárias, incluindo o CNAE de artesão(ã) em gesso independente MEI.

Passo 4: Após finalizar o cadastro, imprima o seu certificado de Microempreendedor Individual.

Passo 5: Passe na prefeitura de sua cidade para registrar o seu CNPJ.

Com estas cinco etapas simples, você consegue se cadastrar como artesão(ã) em gesso independente MEI, ter seu próprio CNPJ e, assim, passar a emitir notas fiscais.

É importante destacar que o profissional autônomo não precisa emitir NF-e para clientes físicos. Já para pessoa jurídica, ou seja, empresas, é uma obrigatoriedade.

No entanto, ter um CNPJ e ser habilitado para emitir notas fiscais traz credibilidade ao seu negócio, uma vez que prova que seus produtos e/ou serviços são legalizados. Além disso, este documento é necessário para a regularização dos impostos.

– Como funciona um MEI para artesão(ã) em gesso independente?

O MEI é o registro de Microempreendedor Individual oferecido àqueles profissionais que trabalham por conta própria e cuja ocupação não é regulamentada por entidades de classe, como médicos, engenheiros, psicólogos, entre tantas outras.

Essa modalidade foi criada a partir da necessidade de formalizar inúmeros trabalhadores que exerciam suas ocupações sem nenhum respaldo legal e jurídico.

Por isso, o MEI acaba sendo um modelo de negócios muito atraente, afinal, o profissional que se formaliza nesta categoria consegue tirar o seu CNPJ de graça, sem muita burocracia e ainda tem acesso a diversos benefícios.

Dentre as obrigações do artesão(ã) em gesso independente MEI estão o pagamento do DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional) e a Declaração Anual do Simples Nacional para Microempreendedor Individual (DASN-SIMEI).

E é verdade que artesão(ã) em gesso independente paga imposto? Sim, os valores são reduzidos, mas há a tributação como Pis, Confins e Imposto de Renda. Acontece que todos estes impostos estão inclusos no DAS, então não é preciso pagá-los à parte.

Em compensação, o artesão(ã) em gesso independente MEI que tem seus pagamentos em dia fica assegurado quanto à aposentadoria por idade, tem salário-maternidade, auxílio doença, pensão por morte e todos os benefícios previdenciários.

– O que não se encaixa nas atividades de artesão(ã) em gesso independente?

O artesão em gesso independente compartilha o mesmo CNAE com o artesão em cimento, no entanto, não são todas as atividades manuais que se enquadram na mesma subclasse.

A fabricação de artefatos de grafita, amianto e artigos de asfalto, por exemplo, possui um código de atividades diferente, ainda que também estejam habilitadas a serem MEI.

Por isso, é sempre bom checar o CNAE da sua ocupação direitinho para se formalizar e não ter maiores problemas depois.

CNAE Artesão(ã) em gesso independente MEI

Hierarquia de atividades
Seção
Divisão
Grupo
Classe
CNAE

Ferramentas para a atividade MEI de artesão(ã) em gesso independente

O artesão(ã) em gesso independente irá precisar de sua principal ferramenta de trabalho: o gesso. Depois disso, os materiais podem variar de acordo com a atividade executada.

Uma escultura, por exemplo, pode necessitar uma mesa e um amplo espaço para sua construção. Já detalhes nas paredes requerem moldes e água.

Mas além do gesso, existe um outro item importante para esta profissão: um local limpo e arejado para trabalhar. Afinal, ninguém quer ficar doente, certo?

Clicando neste link você confere mais sobre o artesanato caseiro, quais as modalidades e o que faz cada uma delas.