O artesão ou artesã em cimento independente é a profissão de quem transforma essa argamassa em arte. É com este material que o artesão consegue produzir uma série de produtos como vasos, quadros e até mesmo esculturas decorativas. O trabalho exige habilidades manuais, tempo e atenção aos mínimos detalhes.

Artesão(ã) em cimento independente pode ser MEI?

Sim, o artesão(ã) em cimento independente pode ser MEI. A profissão é representada pelo CNAE 2330-3/99 – Fabricação de outros artefatos e produtos de concreto, cimento, fibrocimento, gesso e materiais semelhantes.

A atividade pertence à seção Indústrias de Transformação e mais abaixo você consegue ver a tabela com a hierarquia completa da do artesão ou artesã em cimento independente MEI.

Dúvidas comuns sobre a atividade de artesão(ã) em cimento independente MEI

A profissão de artesão(ã) em cimento MEI é bem especifica e pode gerar dúvidas em relação a este registro. Abaixo é possível encontrar os principais pontos sobre esta atividade no âmbito de pequeno empreendedor. Confira!

– Quais as formas de atuação do artesão(ã) em cimento independente MEI?

O trabalho do artesão(ã) em cimento independente MEI pode ser feito em casa, mas requer alguns cuidados.

Este material tem propriedades que podem ser prejudiciais ao nosso organismo, por isso, o ideal é que o local de trabalho seja aberto e arejado.

Também é de fundamental importância a limpeza da área e das roupas após a produção e, assim, evita-se resquícios do cimento espalhados pelo ambiente.

Com todos estes cuidados, o artesão(ã) em cimento independente MEI pode produzir tranquilamente suas peças para, depois, vendê-las em alguma feira ou para clientes propriamente ditos.

– Como abrir um MEI para artesão(ã) em cimento independente MEI?

O registro de Microempreendedor Individual surgiu com o intuito de desburocratizar a abertura de um pequeno negócio e, claro, trazer alguns benefícios aos profissionais da categoria.

A inscrição é feita totalmente online no Portal do Empreendedor, no site do Governo Federal. Ao abrir a página, você irá se deparar com a opção “Quero ser MEI”, basta clicar nela e depois ir para “Formalize-se”.

É neste momento que o artesão em cimento independente MEI dá os primeiros passos para obter o registro. Os campos do cadastro devem ser preenchidos com RG, CPF, nome completo, endereço, entre outras informações pessoais.

Além disso, é nessa hora também que será necessário indicar o código de atividades CNAE para Artesão(ã) em cimento independente MEI. Então, anote o número 2330-3/99 corretamente para não colocar nenhum dígito errado.

Inseridos todos os dados, é só finalizar o cadastro, guardar o Certificado MEI e ir até a prefeitura da sua cidade para registrar o CNPJ no município e, assim, passar a emitir as notas fiscais.

É sempre bom ressaltar que para enquadrar-se nesta categoria, os profissionais têm um limite de faturamento estipulado em R$ 81 mil, não pode ser dono, sócio ou administrador de qualquer outra empresa e o seu negócio só pode ter um único funcionário contratado.

 – Como funciona o MEI para artesão(ã) em cimento independente?

Com o registro de artesão(ã) em cimento independente MEI, o profissional tem acesso aos benefícios previdenciários, mas também precisa arcar com algumas obrigações.

Mensalmente, o microempreendedor terá que pagar o DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional), que reúne tudo o que o artesão(ã) em cimento independente MEI tem que pagar de imposto.

Então, o Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ), Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), PIS e Confins, entre outros tributos federais estão todos embutidos dentro do DAS.

Outro documento importante para o profissional desta categoria é a Declaração Anual do Simples Nacional para Microempreendedor Individual (DASN-SMEI).

Se todas estas contribuições estão em dia, o artesão(ã) em cimento independente MEI terá acesso à aposentadoria por idade, salário-maternidade, auxílio-doença, pensão por morte e até algumas facilidades de crédito em bancos.

– O que não se encaixa nas atividades de artesão(ã) em cimento independente MEI?

A subclasse na qual encontra-se o CNAE de artesão em cimento independente MEI concentra a fabricação de artefatos neste material, como também compreende a confecção de produtos em gesso.

Em contrapartida, este código de atividades não contempla a fabricação de materiais de construção de substâncias vegetais, naturais ou sintéticas aglomerados com asfalto ou betumes. Neste caso, o CNAE possui um número distinto.

CNAE Artesão(ã) em cimento independente MEI

Hierarquia de atividades
Seção
Divisão
Grupo
Classe
CNAE

Ferramentas para atividade MEI de artesão(ã) em cimento independente

Esta profissão depende muito mais dos atributos do microempreendedor do que dos materiais em si. Será necessário o cimento, é claro, além de luvas, água e moldes. Mas além disso, este trabalhador precisa ter habilidades manuais.

O local de trabalho deve ser amplo, limpo, com boa luz e muito bem arejado. A disposição de prateleiras também pode ser de grande utilidade na hora de expor os produtos já prontos ou ainda para deixá-los secar. Para saber mais sobre artesanato caseiro, basta clicar aqui.