O armador(a) de ferragens na construção civil independente possui responsabilidades bem expressivas em uma obra. Este profissional realiza a montagem e armação de estruturas de concretos e corpos de prova na construção civil. 

Em sua função, o armador(a) de ferragens na construção civil independente desempenha um papel fundamental para que um imóvel siga todas as regras de segurança e qualidade. Por isso, esta é uma profissão que requer muito conhecimento técnico. 

Armador de ferragens na construção civil independente pode abrir MEI? 

A boa notícia é que sim, o armador(a) de ferragens na construção civil independente pode abrir MEI dentro das atividades que compõem o CNAE 2599-3/01Serviços de confecção de armações metálicas para a construção.

Mais abaixo, será possível verificar a tabela CNAE completa desta atividade.

Dúvidas comuns sobre a atividade de armador(a) de ferragens na construção civil independente MEI

A seguir, o empreendedor poderá tirar todas as dúvidas em relação ao MEI, desde seu processo de abertura até seus benefícios e obrigações.  

– Quais são as formas de atuação do armador de ferragens na construção civil MEI?

Esta é uma profissão extremamente técnica e que exige conhecimento teórico e prático para garantir a segurança de uma boa estrutura em qualquer construção. 

Entre as atividades que podem ser desempenhadas pelo armador(a) de ferragens na construção civil independente CNAE 2599-3/01 estão a montagem e aplicação de armações de fundações, pilares e vigas.

A categoria ainda compreende a produção de armações metálicas para este setor.

– Como abrir MEI para armador de ferragens na construção civil independente?

Quem deseja abrir o MEI encontrará facilidades em seu caminho e poderá concluir a formalização de seu negócio muito rapidamente. 

Depois de certificar-se que sua atividade pertence a um CNAE, o profissional deve acessar o Portal do Empreendedor, o site oficial do governo para a abertura de MEI. 

Sem nenhuma cobrança de taxa, de forma totalmente gratuita, será possível realizar o cadastro na plataforma. Para isso, o passo inicial é clicar na opção “Formalize-se”. 

Logo em seguida, é necessário preencher dados básicos como nome, CPF, endereço e telefone, além de informar a atividade CNAE desejada. 

Feito isso, o cadastro será finalizado e o sistema vai gerar automaticamente o Certificado MEI, que vai trazer uma informação muito importante: o CNPJ do seu negócio. 

Por isso, vale a pena imprimir este documento ou ainda guardá-lo em seu e-mail, computador ou celular. 

O passo seguinte é procurar a prefeitura de sua cidade para realizar o cadastramento do CNPJ em seu município. Este procedimento pode ser feito digitalmente em alguns locais, já em outros, será necessário a presença do empreendedor. 

– Como funciona o MEI para armador de ferragens na construção civil?

O MEI (Microempreendedor Individual) foi criado em 2008 pelo governo federal, com o objetivo de facilitar a formalização para profissionais das mais diversas áreas. 

Atualmente, mais de 400 atividades estão enquadradas em algum CNAE, as exceções ficam por conta de profissões que contam com uma entidade de classe, como engenheiros e dentistas. 

No caso do armador(a) de ferragens na construção civil independente não há restrições para o seu enquadramento no MEI. Entretanto, é necessário atender aos seguintes requisitos: 

  • Possuir um faturamento anual de até R$ 81 mil; 
  • Não ser sócio em outra empresa; 
  • Contratar no máximo um funcionário.

As facilidades deste formato de pessoa jurídica continuam também quando o assunto são as obrigações fiscais do empreendedor. 

Mas então, o armador de ferragens na construção civil MEI paga imposto

A resposta é sim. Este profissional deve realizar uma contribuição mensal chamada DAS MEI (Documento de Arrecadação do Simples Nacional). 

Por meio de um boleto com valor fixo, o armador de ferragens estará em dia com seus deveres fiscais.

Além disso, será necessária a entrega da declaração anual de faturamento, a DASN-SIMEI, cujo prazo limite é dia 31 de maio de cada ano. 

– Quais os benefícios do MEI armador de ferragens na construção civil independente?

As garantias previdenciárias do armador de ferragens na construção civil MEI são decorrentes do pagamento mensal em dia do boleto DAS.

Aposentadoria por idade ou invalidez, salário maternidade, pensão por morte e auxílio doença são alguns dos benefícios disponibilizados. 

A contratação de um funcionário também traz vantagens, uma vez que a carga tributária será bem menor do que nas demais modalidades empresariais. 

Outro ponto relevante é a oferta de crédito facilitado para quem é MEI em diversas instituições bancárias. 

– O que não se encaixa nas atividades de armador de ferragens na construção civil independente?

Embora seja um CNAE que envolve serviços de produção e montagem de estruturas metálicas para os mais diversos tipos de construção, há um segmento que não é representado por esta categoria. 

Trata-se do serviço de corte e dobra de metais, que podem soar similares, contudo, possuem diferenciação na tabela MEI.   

Atividades permitidas para Armador(a) de ferragens na construção civil independente MEI

Código Descrição
2599301 Serviço de confecção de armações metálicas para construção

CNAE Armador(a) de ferragens na construção civil independente MEI

Hierarquia de atividades
Seção C Indústrias de transformação
Divisão 25 Fabricação de produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos
Grupo C Indústrias de transformação
Classe 25993 Fabricação de produtos de metal não especificados anteriormente
CNAE 2599301 Serviços de confecção de armações metálicas para a construção

Ferramentas para a atividade MEI armador de ferragens na construção civil independente

Por ser uma profissão com funções bem direcionada, o armador de ferragens na construção civil independente MEI necessita de ferramentas bem específicas, como alicate, 

espaçadores, torquês, cinto, capacete etc. 

O uso de itens de qualidade vão contribuir para que o trabalho seja feito com mais eficiência e dentro dos padrões de segurança exigidos.