O adestrador de animais independente é responsável por treinar os mais variados tipos de pets –  como cães, gatos, cavalos e pássaros – para que eles tenham um convívio mais harmônico e disciplinado com seus donos.

Um adestrador de cachorro, por exemplo, pode utilizar comandos que condicionem o animal a obedecê-lo. Assim, toda vez que o cãozinho escutar determinada palavra ou som, ele irá relacionar aquilo com alguma atividade para a qual foi treinado, como sentar, parar de latir, etc.

Esta profissão, portanto, exige dedicação, paciência e organização, uma vez que o trabalho de adestramento de animais pode ter resultado a longo prazo.

Adestrador(a) de animais pode ser MEI?

Sim! Esta profissão é uma das mais de 450 ocupações listadas como aptas a obter o MEI. E qual o CNAE de adestrador de animais independente? É a subclasse de Higiene e Embelezamento de Animais Domésticos – CNAE 9609-2/03.

E para quem ainda estiver na dúvida se o adestrador de cavalos também pode ser MEI a resposta é sim, bem como o adestrador de cães, gatos, aves, entre outros.

Para mais informações, é só conferir a tabela abaixo com a hierarquia do adestrador de animais independente MEI.

Dúvidas comuns sobre a atividade de adestrador de animais independente MEI 

Ainda que a abertura do MEI para adestrador de animais independente seja fácil e gratuita, existem algumas dúvidas que podem surgir no caminho, mas temos a resposta para todas elas. Confira abaixo!

– Quais as formas de atuação do adestrador de animais independente MEI?

O adestrador de animais independente MEI é quem treina os pets para corrigir comportamentos inadequados.

Por isso, o profissional precisa estudar técnicas e comandos assertivos que possam não só controlar o animal como ensiná-lo a obedecer sempre ao seu dono.

– Como abrir um MEI para adestrador de animais independente?

Abrir um MEI para adestrador de animais independente não é um bicho de sete cabeças, acredite, é bem mais fácil do que pode parecer, basta seguir os 5 passos abaixo:

Passo 1: Verificar se a sua profissão está enquadrada no código CNAE

Para ser um adestrador de animais independente MEI, é necessário checar se a sua profissão está apta para conseguir o registro.

Atividades já regulamentadas por lei, como advogado, veterinário, entre outras, não podem conseguir um MEI. Já no caso do adestrador independente de animais, é possível sim, como vimos anteriormente.

Passo 2: Entrar no Portal do Empreendedor

A segunda etapa consiste em entrar no Portal do Empreendedor para começar o processo do registro do MEI.

Passo 3: Ir em “Quero ser MEI”

Logo que você entrar no Portal do Empreendedor terá a opção de “Quero ser MEI”, basta clicar nela.

Passo 4: Clicar em Formalize-se e realizar seu cadastro

É nesta etapa que você irá, de fato, formalizar o seu negócio. Para abrir a sua empresa de adestrador de animais independente MEI, você vai precisar de seu RG e CPF, bem como seu Título de Eleitor ou Declaração Anual de Imposto de Renda.

Na hora de realizar o seu cadastro, fique atento para inserir corretamente o CNAE de adestrador de animais independente.

Ao final, você receberá um certificado com o número do CNPJ de seu negócio. Guarde este certificado.

Passo 5: Registro na Prefeitura de sua cidade

O último passo consiste em registrar o seu negócio na prefeitura de sua cidade.

– Como funciona um MEI para adestrador de animais independente?

O MEI é o registro de Microempreendedor Individual destinado aos profissionais independentes para que estes possam emitir notas fiscais.

No entanto, não é qualquer pessoa que pode abrir um MEI. Para isso, é necessário ter a sua ocupação descrita na lista de atividades do CNAE, como é o caso do adestrador de animais independente.

Ainda, para obter o registro de Microempreendedor Individual, o profissional deve seguir algumas regras:

– O faturamento anual não pode ultrapassar R$ 81 mil;

– Não é permitido ser sócio, administrador ou titular de outra empresa;

– Ter no máximo um funcionário contratado para trabalhar em seu negócio.

E quais as vantagens de ser adestrador de animais independente MEI?

O profissional autônomo pode se beneficiar de muitas formas ao formalizar-se como microempreendedor individual.

O adestrador de animais independente MEI, por exemplo, terá direito à aposentadoria por idade ou invalidez, salário-maternidade, auxílio-doença e reclusão, pensão por morte e até mesmo algumas facilidades bancárias como o microcrédito e, às vezes, até transferências gratuitas.

É válido ressaltar, contudo, que o adestrador de animais independente MEI não é obrigado a ter uma conta bancária empresarial. Esta é uma questão de preferência do profissional.

Mas para que tudo isso seja viável, é necessário que o trabalhador também cumpra com suas obrigações fiscais.

Então, vamos ao tópico que todos querem saber: adestrador de animais independente MEI paga imposto? Sim, mas de uma maneira simplificada, afinal, todos os impostos estão embutidos em uma única conta: o DAS, o Documento de Arrecadação do Simples Nacional.

Por isso, o adestrador de animais independente MEI não precisa pagar tributos como o Pis e Confins, Imposto de Renda e ISS.

Outro ponto a ser ressaltado é que o imposto para MEI tem um valor mais baixo do que para uma empresa comum, resultando assim em um custo menor para o microempreendedor.

– O que não se encaixa nas atividades de adestrador de animais independente?

Existem muitas profissões relacionadas aos pets, mas nem todas se encaixam no mesmo código de atividades do adestrador de animais MEI.

Adestrador de cães de guarda, por exemplo, tem um CNAE diferente. Ele pode ter o registro de microempreendedor individual, mas não o mesmo do adestrador de animais independente.

CNAE Adestrador(a) de animais independente MEI

Hierarquia de atividades
Seção
Divisão
Grupo
Classe
CNAE

– Ferramentas para atividade MEI de adestrador de animais independente

O adestrador de animais independente MEI precisa dominar técnicas e comandos de treinamento, mas não é só isso.

Este profissional também terá que dispor de petiscos para dar como recompensa a cada comportamento correto do animal, bem como outros acessórios como apitos e clickers.