Entenda como funciona a contabilidade para a categoria MEI e quais as vantagens de ter um contador à disposição para tirar suas dúvidas e cuidar de toda a burocracia de seu negócio.

O time DicasMEI é formado por contadores escolhidos a dedo, cheios de credibilidade e conhecimento. Tornando-se um assinante da plataforma, você conta com uma assessoria completa, incluindo auxílio para a Declaração Anual de Faturamento (DASN) e para a emissão e pagamento mensal do boleto DAS.

VEJA: Clique aqui e confira quais as opções de planos e suas vantagens

Nós realizamos uma entrevista com Fabrício Ponce, representante de nosso time contábil. Fabrício responderá perguntas frequentes e esclarecerá as principais dúvidas relacionadas ao auxílio contábil para a categoria MEI.

Vamos lá!

1.Em matéria recente do blog, apresentamos quais são os deveres mensais e anuais do MEI. Como um contador pode auxiliar a rotina burocrática do microempreendedor individual?

R: Oportunidade de ter o apoio de profissionais experientes Esse é um diferencial significativo, oferecido por profissionais de contabilidade. É um diferencial significativo, oferecido por profissionais de contabilidade e apresentando uma contribuição significativa em termos de parceria de negócios. Assim, toda vez que algo der sinais de que pode causar problemas, você pode pedir a orientação da equipe e dessa forma ter conselhos úteis para agir corretamente.

2.Quais são os riscos que o MEI corre ao decidir realizar todos os procedimentos burocráticos por conta própria?

R: Mesmo sendo um MEI, você sempre terá que lidar com questões contábeis. Emitir notas fiscais, recolher impostos, fazer declaração de IR, pagar um fornecedor ou colaborador, etc. Para fazer isso, você pode terceirizar o serviço de contabilidade, contratar um funcionário ou fazer tudo sozinho, correndo o risco de cometer erros.

Optando por terceirizar sua contabilidade, você paga somente pelo serviço prestado. O que representa uma economia significativa, comparado a contratar um contador. Além disso, é muito mais difícil — e caro — reunir profissionais de alto nível dentro de sua empresa. O que você ter contratando os serviços de um escritório de renome.

Lembre-se:  a DicasMEI possui profissionais qualificados que se esforçam para oferecer mais do que conhecimento legal, assim, eles são capazes de dar a devida orientação ao empreendedor sobre diferentes tipos de procedimentos.

VEJA: Algumas dicas da plataforma DicasMEI são gratuitas, clique aqui e confira os tutoriais

3.A categoria MEI segue as normas do Simples Nacional, mas, ainda assim, sabemos que os microempreendedores individuais apresentaram muitas dúvidas relacionadas ao mundo contábil. Quais são as dúvidas e os erros mais frequentes?

R: Imagine a seguinte situação: você está decidido a se tornar um MEI e você vai lá faz todo o processo, mas aí você percebe que você precisa estruturar muita coisa ainda antes de criar o seu negócio. Por isso, listamos os principais erros cometidos pelo microempreendedor individual e as soluções oferecidas pelo auxílio contábil:

Ficar em falta com o controle das finanças do MEI;

Não ter controle sobre as finanças da empresa;

Esquecer o Pró-Labore;

ATENÇÃO: Há chances de você nem saber o que é Pró-Labore, não é verdade? Mas, pode ficar tranquilo que não há nenhum pecado nisso. Se você não sabe, não tem problema pró-labore é o valor de retirada feito pelo empreendedor no caixa da MEI ou seja podemos  nomear de salário e ordenado retirada mensal  só que se você sabe, isso vai melhorar a sua vida!

Não ficar atento à Declaração Anual de Faturamento (DASN);

Esquecer ou deixar de pagar os boletos DAS;

4.Há algum segredo para alcançar o sucesso financeiro a partir do próprio negócio?

Não é da noite para o dia que você se torna um grande empreendedor. Existem alguns fatores que são fundamentais e comuns na história de negócios bem sucedidos. Além de muita dedicação e algumas horas de sono perdidas, de vez em quando, o MEI deverá saber lidar com frustrações e problemas que eventualmente irão aparecer. Além disso, será preciso estudar muito sobre o mercado, separar a vida pessoal da profissional e dedicar algum tempo para se capacitar.

Sabe aquela velha história de “quem não arrisca não petisca”? Ela é real também no mundo dos negócios. No entanto, mesmo que todo negócio apresente riscos, você precisa saber até que ponto está disposto a ir (e se pode ir). O MEI bem sucedido corre riscos, mas não de forma aleatória: ele calcula. Em um ano de crise econômica, por exemplo, investir de maneira correta e focada em um público e mercado específico pode ser um diferencial para o negócio.

5.Financeiramente, como o MEI pode se destacar no mundo dos negócios? 

Com o encargos tributários mais vantajoso e processos menos burocráticos de regularização do exercício da atividade em relação as demais portes de empresa, o MEI pode se destacar na competitividade no mercado principalmente em formulação de preços e na qualidade de seus serviços e atendimentos bem como repassar aos seus clientes essas vantagens na elaboração de seu preço final tanto de comercialização como na prestação de serviços 

E aí, conseguimos te ajudar a enxergar a importância de um bom auxílio contábil para exercer a sua atividade como MEI?

VEJA: Confira os negócios que são tendências no mundo do microempreendedorismo individual

Para ler mais matérias como esta, continue navegando em nosso blog.