Black Friday para o MEI: É preciso ter planejamento e criatividade para confirmar as boas expectativas de vendas para 2021

Apesar de ter sido “importada” dos EUA, não há nenhuma dúvida de que a Black Friday já se tornou uma das datas mais importantes do varejo brasileiro. Não à toa, segundo uma pesquisa realizada pela Méliuz, uma startup de cashbacks, e divulgada pelo Infomoney, 71% da população do país pretende aproveitar a ocasião para fazer alguma compra – seja online ou de forma presencial.

Um baita potencial para ser explorado, não é mesmo, MEI? Mas antes, vamos entender um pouco sobre o conceito para depois aplicar as estratégias.

cursos para o MEI

Origens da Black Friday

Em sua terra natal, a Black Friday (ou “sexta-feira negra”, na tradução literal) ocorre sempre na última sexta-feira do mês de novembro – que nos EUA coincide com o dia posterior ao Dia de Ação de Graças. Neste ano, a data repleta de grandes descontos será no dia 26.

A tradição desembarcou no Brasil somente no ano de 2010, mas daquele nosso jeitinho: prolongando a campanha para o mês inteiro, com a criatividade para promoção ainda melhor e tendo que prestar muita atenção para não cair em algumas armadilhas!

Justamente por isso, e pela própria mobilização das grandes empresas, parte dos pequenos empreendedores individuais ainda não aproveita a Black Friday da maneira correta. Mas que tal mudarmos isso para 2021?

A campanha já está aí, batendo às portas. E por isso nós separamos algumas dicas e estratégias para você colocar a mão na massa, inaugurar as vendas pensando no Natal e finalizar o ano com chave de ouro!

Planejamento

Não importa se o seu negócio vende produtos ou presta serviços: sempre há possibilidades para você participar da Black Friday e atrair novos clientes – ou mesmo fidelizar aqueles que já tem. Porém, isso exige planejamento!

Pare e pense, MEI: de nada adianta colocar determinado produto em promoção e não ter estoque suficiente para atender o aumento da demanda. Muito pior se os descontos não forem devidamente calculados. Já pensou vender de monte e, ainda assim, sair no prejuízo?

Pois bem. Então cheque suas mercadorias, analise os preços da concorrência e defina a campanha de uma maneira vantajosa. Caso você tenha participado da Black Friday no ano passado, uma boa dica é checar o faturamento do último mês de novembro – e, quem sabe, criar estratégias para evoluir as metas para 2021!

Criatividade

“Pague 2, leve 3”, “bota-fora”, “queima de estoque”, “desconto de 50%, 60%, 70%”…

São diversos motes que os MEIs podem adotar na hora de implantar a Black Friday. Mas, se você perceber que grandes descontos podem inviabilizar seu caixa, então é hora de pensar fora da caixa e optar por promoções alternativas. Exemplo: na compra de um produto, ofereça desconto em um outro que não costuma sair tanto, como uma espécie de brinde.

No caso de prestação de serviços, podem ser criados pacotes com diversas opções e variedade de preços. Vale até pensar em sorteios, ou mesmo em parcerias com outros pequenos empreendedores que podem ser benéficas para todos os envolvidos.

Cuidado com a “Black Fraude”

Não faça para os outros aquilo que não quer que façam para você. O ditado popular é direto e reto, além de servir como lição para agir na Black Friday. Afinal, muitas pessoas reclamam da chamada “black fraude”, isto é, quando empreendedores mal-intencionados criam armadilhas e pegadinhas para explorar os clientes.

As práticas envolvem descontos falsos, fretes caros e produtos entregues diferentes do que foi comprado. Mais do que manchar a reputação do seu negócio, essas ações desrespeitam o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) e podem trazer grandes problemas.

Por isso, MEI, nem pense em adotar esse tipo de comportamento!

LEIA TAMBÉM

Divulgação

No final das contas, de nada adianta pensar em estratégias, descontos e promoções se seus clientes fieis ou em potencial não ficarem sabendo. Então, trate de publicar a campanha da sua marca nas redes sociais.

É essencial que os posts sejam frequentes, com informações claras, fotos bonitas e artes caprichadas. Se você tem dificuldade com essa área de criação, vale a pena ler o nosso texto sobre 7 aplicativos para bombar nas redes sociais.

E, é claro: se você tem uma loja física, ou espaço onde atende seus clientes, então também aposte em bexigas, cartazes ou vitrines que deixem claro que a Black Friday já chegou por aí!

O MEI Shop está sempre à disposição para tirar suas dúvidas, propor soluções e colaborar com sua jornada no mundo do empreendedorismo. Siga-nos nas redes sociais, converse conosco e conte sempre com a gente!