O comerciante independente de madeira e artefatos é o profissional que vende a madeira em seu estado bruto e também suas variações.

Entre os produtos derivados que o comerciante independente de madeira e artefatos oferece aos seus consumidores estão ripas, dormentes, vigas, janelas, portas etc. 

Comerciante de madeira e artefatos independente pode abrir MEI? 

A boa notícia para estes profissionais é que sim, o comerciante de madeira e artefatos independente pode ser MEI.

Esta atividade integra o CNAE 4744-0/02 – Comércio varejista de madeira e artefatos, permitindo a estes autônomos o ingresso nesta modalidade.

Dúvidas comuns sobre a atividade de comerciante de madeira e artefatos independente MEI

Criado em 2008, o MEI desburocratizou o processo de formalização de um negócio ou atividade no Brasil, atendendo mais de 400 funções diferentes. 

Mesmo tendo se tornado muito popular, é normal que as pessoas ainda tenham alguns questionamentos sobre este formato. 

Por isso, vale a pena conferir o guia que produzimos abaixo com todas as informações sobre o MEI. 

– Quais são as formas de atuação do comerciante de madeira e artefatos independente MEI?

É muito fácil entender o que se enquadra como comerciante de madeiras e artefatos independente MEI, já que se trata de uma função segmentada. 

Este microempreendedor individual pode vender a madeira em seu estado bruto e várias derivações, tais como portas, janelas, ripas, tábuas, barrote, dormentes e pré-moldados de madeira para construção. 

– Como abrir MEI para comerciante de madeira e artefatos independente?

Quando falamos que o MEI não requer burocracia é porque seu processo de abertura é completamente digital e gratuito. 

Além disso, com poucos cliques e em questão de minutos, é possível garantir a formalização de uma atividade. 

Para isso, basta seguir o passo a passo que montamos. A primeira etapa é acessar o Portal do Empreendedor, que é a plataforma oficial para abertura do MEI. 

Logo na página inicial, temos a opção “Quero ser MEI”, clique nela e, em seguida, vá em “Formalize-se”. 

Preencha, então, seus dados pessoais para realizar o cadastro. E depois indique a opção que mostra o CNAE de comerciante de madeira e artefatos independente 4744-0/02.

Então, o sistema vai gerar automaticamente o Certificado MEI, um documento que traz todos os dados do seu negócio, bem como seu CNPJ.

A etapa final da abertura é feita com o registro do CNPJ na prefeitura de sua cidade, o que vai garantir a obtenção de alvará para sua atividade e também a emissão de notas fiscais. 

– Como funciona o MEI para comerciante de madeira e artefatos independente?

Agora que você já viu como é fácil se cadastrar no MEI, vai perceber que integrar esta modalidade também não apresenta nenhuma complicação.

Entretanto, este formato requer que seus usuários cumpram três requisitos: 

  • Não ser sócio em outro empresa;
  • Contratar somente um funcionário para o negócio;
  • Possuir um faturamento anual de, no máximo, R$ 81 mil. 

Mas há também algumas questões fiscais que são obrigatórias para quem integra este modelo jurídico. 

Então, o comerciante de madeira e artefatos independente MEI paga imposto? 

A resposta é sim, mas nada de alarde. O imposto vem em forma de contribuição mensal e é chamada de DAS MEI (Documento de Arrecadação do Simples Nacional). Seu valor é fixo e deve ser quitado todos os meses. 

Outra obrigação do microempreendedor individual é realizar a entrega das DASN SIMEI, a declaração anual de faturamento, cujo prazo termina sempre no dia 31 de maio. 

– Quais os benefícios do MEI comerciante de madeira e artefatos independente?

O pagamento em dia do boleto DAS permite ao comerciante independente de madeira e artefatos MEI ter acesso a direitos previdenciários, como aposentadoria, pensão por morte, auxílio doença e salário maternidade. 

Ao contratar um funcionário, este profissional conta com uma carga tributária menor em comparação a outros modelos, além de ter linhas de crédito facilitadas em diversas instituições bancárias. 

– O que não se encaixa nas atividades de comerciante independente de madeira e artefato?

Apesar do CNAE de comerciante independente de madeira e artefato permitir a venda de diversos tipos de produtos, é importante destacar que esta subseção não abrange a montagem de pré-moldados. 

Além disso, não é permitido a este profissional comercializar materiais de construção. 

Na sequência, confira a tabela completa desta atividade e sua hierarquia. 

Atividades permitidas para Comerciante independente de madeira e artefatos MEI

Código Descrição
4744002 Comércio varejista de madeira perfilada
4744002 Comércio varejista madeira serrada
4744002 Comércio varejista tacos de madeira para pisos
4744002 Comércio varejista briquete (serragem compactada)
4744002 Comércio varejista de produtos derivados da madeira (tábuas, ripas, vigas, pranchas, dormentes, barrote, caibro e similares)
4744002 Comércio varejista portas e janelas de madeira
4744002 Comércio varejista portas de madeira
4744002 Comércio varejista de pré-moldados de madeira para construção
4744002 Comércio varejista madeira folheada, prensada e compensada
4744002 Comércio varejista esquadrias de madeira
4744002 Comércio varejista madeiras para construção

CNAE Comerciante independente de madeira e artefatos MEI

Hierarquia de atividades
Seção G Comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas
Divisão 47 Comércio varejista
Grupo G Comércio; reparação de veículos automotores e motocicletas
Classe 47440 Comércio varejista de ferragens, madeira e materiais de construção
CNAE 4744002 Comércio varejista de madeira e artefatos

Ferramentas para a atividade de comerciante de madeira e artefatos independente MEI 

Uma loja com espaço amplo para armazenar estoque é um dos pontos mais importantes para o comerciante de madeira e artefatos independente MEI. 

Este profissional deve ainda investir em um caminhão, ainda que de pequeno porte, para realizar o transporte das mercadorias, bem como balcão de atendimento, computador, caixa registradora etc.