A bordadeira ou bordadeiro atua em uma das profissões mais antigas do mundo e sua função requer talento para trabalhos manuais. 

Entre as peças criadas e desenvolvidas pela bordadeira ou bordadeiro independente estão bordados e acabamentos em fios, tecidos e artigos têxteis, que podem ser aplicados em roupas ou ainda peças residenciais ou para igrejas. 

Bordadeira independente pode abrir MEI? 

Sim, a bordadeira independente pode ser MEI, pois sua atividade integra o CNAE 1340-5/99 – Outros serviços de acabamento em fios, tecidos, artefatos têxteis e peças do vestuário.

O ingresso nesta modalidade permite que o profissional desfrute de benefícios e facilidades que o MEI oferece aos seus usuários. 

E para saber mais sobre o CNAE de bordadeira independente, apresentamos ao longo do texto a tabela completa da categoria.

Dúvidas comuns sobre a atividade de bordadeira MEI

Frequentemente surgem questionamentos em relação ao funcionamento deste modelo jurídico, seja em relação ao seu processo de abertura e também sobre suas características. 

Uma dúvida constante está ligada à cobrança de impostos: será que a bordadeira MEI paga ICMS? Para saber a resposta desta e de outras perguntas, confira o guia que preparamos logo abaixo.

– Quais são as formas de atuação da bordadeira MEI?

A atividade do MEI bordadeira é marcada pelo trabalho manual, sempre rico em detalhes e com finalizações delicadas. 

Entre as funções desta profissão estão o bordado e acabamento nos mais variados materiais para a finalização de peças de vestuário ou de decoração, como toalhas para mesas, por exemplo. 

Sua atuação pode ser feita por contrato ou para venda posterior, de forma totalmente autônoma. 

– Como abrir MEI para bordadeira independente?

Nada de papéis, idas ao cartório ou órgãos públicos, a abertura do MEI é totalmente digital e simplificada. O profissional precisa apenas ter um dispositivo conectado à internet para fazer seu cadastro.

A seguir, é possível ficar por dentro do passo a passo para registrar o seu nome nesta modalidade, confira. 

Passo 1: Depois de certificar que sua atividade possui um CNAE, acesse o Portal do Empreendedor, escolha a opção “Quero ser MEI” e clique em “Formalize-se”; 

Passo 2: Preencha todos os dados requisitados, como nome completo, endereço, telefone, RG, CPF etc; 

Passo 3: Selecione o CNAE de bordadeira 1340-5/99;

Passo 4: Com o cadastro finalizado, o sistema vai gerar o Certificado MEI, que é o documento que fornece o CNPJ do seu negócio, de forma automática. 

Passo 5: O passo seguinte é registrar o CNPJ na prefeitura de sua cidade, seja pela internet ou presencialmente. 

É isso que vai permitir que você emita notas fiscais de seus serviços e também consiga o alvará de funcionamento para seu negócio. 

E atenção: a única plataforma oficial para a abertura de MEI é o Portal do Empreendedor e todo este processo é completamente gratuito. 

– Como funciona o MEI para bordadeira?

O MEI ou Microempreendedor Individual foi criado em 2008 e tornou bem mais fácil a vida dos profissionais autônomos que desejam formalizar suas atividades ou ainda abrir seu próprio negócio. 

Este formato atende a mais de 400 atividades das mais diversas áreas, com exceção de profissões que possuem uma entidade de classe representativa, como acontece com dentistas e psicólogos, por exemplo. 

Para a abertura do MEI, a pessoa precisa apenas se enquadrar nas três exigências listadas abaixo: 

  • Não ser sócio em nenhuma outra empresa; 
  • Ter um faturamento anual de até R$ 81 mil;
  • Contratar no máximo um funcionário.

Em relação às questões fiscais, a contribuição obrigatória deste modelo está longe de ser onerosa e comprometer a saúde financeira do microempreendedor. 

Mas, então, a bordadeira MEI paga imposto

Sim, trata-se do boleto DAS MEI (Documento de Arrecadação do Simples Nacional), que possui um valor fixo e deve ser pago mensalmente. Nele estão diluídos vários impostos, como o ICMS. 

Além da contribuição mensal, o autônomo deve ainda fazer a declaração anual de faturamento, chamada de DASN-SIMEI. O prazo termina sempre no dia 31 de maio. 

– Quais os benefícios do MEI bordadeira independente?

Ao realizar o pagamento em dia do boleto DAS, o profissional pode se beneficiar de todos os direitos previdenciários. Por exemplo, o bordadeiro MEI tem direito a auxílio doença, salário maternidade, aposentadoria e pensão por morte.

Se contratar um funcionário para o seu negócio, contará ainda com uma carga tributária bem menor em comparação com outros modelos de pessoa jurídica. 

Além disso, poderá ter acesso a linhas de crédito facilitadas caso queira realizar um financiamento para investir em seu empreendimento. 

– O que não se encaixa nas atividades de bordadeira?

No CNAE para bordadeiro MEI não estão inclusos os serviços de acabamentos em fios e tecidos integrados à fiação e tecelagem. 

E nas tabelas a seguir é possível conhecer melhor quais as funções que integram esta categoria.

Atividades permitidas para Bordadeira(o) independente MEI

Código Descrição
1340599 Customização em artigos têxteis e em peças do vestuário
1340599 Colagem impermeabilização
1340599 Bordados em artigos têxteis e em peças do vestuário
1340599 Vaporização secagem
1340599 Tecidos e artigos têxteis acabamentos em fios
1340599 Serviços de bordados
1340599 Bordados confeccionados por encomenda em roupas e artefatos de tecidos
1340599 Calandragem em tecidos e artigos têxteis e em peças do vestuário
1340599 Serviço de laminação ou resinagem em tecidos
1340599 bordados e acabamentos semelhantes em artefatos de tecidos e peças do vestuário

CNAE Bordadeira(o) independente MEI

Hierarquia de atividades
Seção C Indústrias de transformação
Divisão 13 Fabricação de produtos têxteis
Grupo C Indústrias de transformação
Classe 13405 Acabamentos em fios, tecidos e artefatos têxteis
CNAE 1340599 Outros serviços de acabamento em fios, tecidos, artefatos têxteis e peças do vestuário

Ferramentas para a atividade de bordadeira MEI 

Por ser um trabalho totalmente manual, que requer habilidade e atenção, a bordadeira MEI pode encontrar em suas ferramentas a parceria ideal para desenvolver sua atividade. 

Entre os itens que não podem faltar em seu ateliê estão linhas de várias cores, agulhas diversas, tesoura, fita métrica, livros de bordado, etc. 

Ao adquirir máquinas a bordadeira MEI iniciante consegue otimizar seu tempo e produzir peças ainda mais diferenciadas.